Programação dos 112 anos de Anápolis terá foco em ação social

Arraiana 2019 esperar arrecadar 80 toneladas de alimentos e movimentar indiretamente R$ 5 milhões no comércio local

Por Redação 10/07/2019 - 13:25 hs

Pelo grande apelo social, o principal evento alusivo aos 112 anos de Anápolis será o Arraiana 2019, realização que foi bem sucedida em 2018.

O evento acontece entre os dias 30 de julho e 3 de agosto no Estádio Jonas Duarte e vai reunir vários artistas de peso, sendo cinco atrações nacionais e 20 regionais. Chitãozinho e Xororó, Matheus e Kauan, Fernandinho, Padre Alessandro e Fernando e Sorocaba são os principais shows. E para ter acesso à festa, é preciso trocar um quilo de alimento não perecível – com exceção de sal, fubá e farinha – por um ingresso. A troca começa na próxima segunda-feira, 15.

Segundo o prefeito Roberto Naves, uudo que for arrecadado será doado a famílias em estado de vulnerabilidade social. Durante o Arraiana, entidades filantrópicas vão comercializar bebidas e comidas típicas. “A população vai assistir bons shows, além de ajudar pessoas carentes que logo após vão receber esses alimentos em formato de cestas básicas. Já as instituições ganham vendendo os produtos e os revertem para aquilo que, vocacionalmente, sabem fazer de melhor que é amparar o próximo”, disse Naves.

A expectativa para a segunda edição do evento é que a arrecadação seja da casa de 80 toneladas de alimentos, além da movimentação indireta de pelo menos R$ 5 milhões no comércio local – como taxistas, transporte de passageiros por aplicativos, vestuários, calçados, setor hoteleiro e de estética, com base nos números registrados em 2018.

Segurança

A segurança no local será reforçada, assim como aconteceu na primeira edição da festa. O ônibus do Observatório de Segurança Pública da Prefeitura, que é equipado com uma câmera de visão panorâmica de 360 graus, ficará estacionado dentro do Estádio Jonas Duarte. O sistema também terá acesso às câmeras internas e externas de todo espaço. Além disso, a Prefeitura vai contar com o apoio da Polícia Civil, Polícia Militar, Força Tática, Companhia de Policiamento Especializado (CPE), segurança privada e equipe do Juizado da Infância e Juventude.